sexta-feira, 5 de junho de 2015

Castigo corporal? Não me parece mas apetece.

Se eu tivesse talento para edição de vídeos, este blog tomaria outras proporções, ainda bem que não tenho que eu gosto dele  assim pequenino. Mas a cena desta manhã seria digna de vídeo, contado nunca tem a mesma piada.
Dona Macaquita muito ciente daquilo que quer e não quer vestir começa por reclamar comigo porque eu escolhi um casaco com botões (ela odeia qualquer roupa que tenha botões), expliquei-lhe que era o que ficava bem naquela roupa, que era de algodão e que teria de levá-lo. Argumentou dizendo que se não lhe tivesse vestido uma camisola sem mangas não precisaria de casaco. Já estava a ficar farta daquela guerra, que é diária e disse-lhe que vestisse o casaco antes de eu me zangar.
-Aiii mãe, já estou a ficar inervada!
-É melhor que te passem os nervos rápido e vistas o casaco que estamos atrasados.
-Ok, eu visto mas não vou usá-lo na escola para os amigos não me verem com botões.
-Rápido que quem está a ficar inervada sou eu.
Macaquito aproxima-se, pega na mochila, abre a porta e diz com ar mais condescendente do mundo:
-Mamã, tu devias ser daquelas mães que batem!!

8 comentários:

  1. Ahahahahahahahah macaquito é que sabe... :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma palmada por dia não sabes o bem que fazia!

      Eliminar
  2. Respostas
    1. É que uma pessoa fica "inervada" com tanta personalidade.

      Eliminar
  3. Eh pá, nem de propósito: hoje de manhã repeti a frase "vá, despacha-te" umas 20 vezes. E depois dele muito engonhar, quando cheguei aquela fase em que parece que deixamos de ver, e disse "já chega, vamos embora", ele diz: " eu sei, não é preciso fazeres essa cara" e 5 segundos depois...um pranto porque "ralhaste comigo"....o que seria se eu fosse "daquelas mães que batem". ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu fica muito triste quando eu ralho, desolado é o que me diz "Estou desolado!!"
      Mas para sair com ele é na boa, basta dizer para irmos e ele já está na porta. A mais pequena é que é o terror. Quase que preciso fazer requerimento.

      Eliminar
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  5. O meu filhote mais velho, com 4 anos e meio, também odeiaaaa botões. Vestir-lhe uma camisa ou um pólo é tarefa árdua. Começou por volta dos 2 anos e pouco e continua!! Não sei que faça: se insista ou se desista!!:)) Chega ao cúmulo de se afastar do irmão se este tiver um botão, por mais minúsculo que seja. Estas crianças...

    ResponderEliminar

Dá cá bananinhas!