terça-feira, 15 de novembro de 2016

Virar o bico ao prego

Macaquito tem uma séria dificuldade em separar-se de mim em horas em que é suposto estarmos juntos. Dificuldade acrescida se ele estiver em casa e eu precisar de sair. Faço questão de não aparar certos golpes e por muito que me custe, ignoro as birras, os choros, os pedidos e promessas e faço o que tenho de fazer ou simplesmente, o que me apetece fazer de vez em quando. Por norma, saio um dia durante a semana à noite para beber café e nos últimos tempos, tem calhado ser sempre à segunda feira, o que lhe criou uma nova rotina. Ainda estamos na piscina e ele já está a perguntar se vou sair, se tenho reunião, se recebi uma mensagem ou telefonema. Chegados a casa e pergunta tudo de novo, sempre de "orelhas no ar" para o meu telefone.
-Mamã, o teu telefone fez poing. Vais sair com a M.?
-Come, não sejas assim.
-Mas mamã, eu preciso de ti.
-Eu nem te disse que ia, não penses nisso.
-Mas vais?
-Ainda não sei. Se for, ficas com o pai e vão divertir-se os três.
-Eu sei mas não quero que vás. - diz já muito choroso. Decido dizer-lhe que não vou porque neste dia em particular tem estado agitado e teve um "colapso" na piscina.
-Boa mãe, eu sabia que era o melhor para ti...
-Não, tu estás a ser egoísta, é o melhor para ti. É o que tu queres e como tu dizes tantas vezes, é injusto.
-Não percebes mamã? Quando ficas em casa com o pai, vocês têm momentos muito românticos!

7 comentários:

  1. Respostas
    1. It's all about that...

      Com tanta anormalidade para dissertar no futebol, o que se passa no Simão que anda tão calado?

      Eliminar
    2. Olá :)
      É verdade, no futebol não faltam temas para alimentar um blogue. Mas o Simão Escuta não era sobre futebol, era também sobre futebol, mas tinha mais que isso (acho).

      Está, infelizmente, abandonado. Não sei que dizer...

      Eliminar
    3. Claro que tinha (e terá, espero), daí gostar tanto de lá ir.

      Eliminar
  2. O teu Macaquito sabe-a toda e não é só a tabuada ahahah. É um miúdo espectacular.

    ResponderEliminar

Dá cá bananinhas!